Home Críticas Significado da tatuagem do Noah da série DARK

Significado da tatuagem do Noah da série DARK

by Jú Miyoshi | @movie.places
Significado da tatuagem do Noah Dark

Esta semana acabaram as gravações de um das minhas séries favoritas do momento, DARK e eu resolvi fazer este post pra você que assistiu ou está assistindo a série e ficou curioso sobre o significado da tatuagem do personagem Noah e não se contenta em apenas ler o texto da Tábua Esmeralda, quer ir além e descobrir o que ela pode esclarecer sobre esta série que tanto mexe com a nossa cabeça. Aqui irei falar sobre o real Significado da tatuagem do Noah da série DARK.

Significado da tatuagem do Noah da série DARK

Certamente você já ouviu falar em Alquimia e se já buscou algo na internet sobre a tatuagem do Noah descobriu que ela nada mais é do que a transcrição da Tábua de Esmeralda ou Esmeraldina, texto que deu origem a esta prática que se popularizou na Idade Média. E se eu te disser que a análise deste texto histórico pode esclarecer algumas questões sobre a série e ainda levantar mais teorias? Para provar isso, irei dividir o texto em partes, assim poderei analisá-lo de forma mais minuciosa, mas antes preciso fazer uma breve introdução sobre a Alquimia.

Leia também: O que o figurino de DARK pode revelar sobre a série

Alquimia

A origem da Alquimia é incerta, pois há relatos de sua pratica em diversas civilizações antigas, entretanto, foi durante a Idade Média que ela se popularizou, afinal as cidades estavam sendo dizimadas por doenças e as pessoas buscavam por uma solução, encontraram nela a esperança. Um dos principais objetivos dos alquimistas era descobrir a cura para todos os males, dentre eles a própria morte. O elixir da vida teria essa função, fora isso, eles também acreditavam nos poderes de uma pedra especial, conhecida como filosofal, no qual seria capaz de transformar todo e qualquer metal em ouro. Então, basicamente o texto contido na Tábua Esmeraldina fala sobre este objeto, a pedra. Dada esta breve introdução, agora podemos analisar a primeira parte do texto:

“É verdade, sem mentira, certo e muito verdadeiro. O que está em baixo é como o que está em cima e o que está em cima é como o que está em baixo, para realizar os milagres de uma coisa única. Assim como todas as coisas foram e procedem do Um, pela mediação do Um, assim todas as coisas nasceram desta coisa única, por adaptação...”

Quando analisamos uma pedra “comum” não é possível identificarmos qual é a sua parte superior ou inferior, essa classificação sempre dependerá da pessoa que a segura e do observador, sendo perfeitamente mutável. Para os alquimistas a parte superior estava relacionada a alma e a sabedoria e a parte inferior a terra, porém ambas se combinavam de forma equilibrada.
Quando ele fala sobre sua origem, ele diz que ela deriva do Um, que por sua vez está escrito propositalmente com letra maiúscula, pois representa Deus, assim como todas as coisas, segundo os alquimistas a Pedra filosofal era uma partícula de Deus.

Partícula de Deus na série DARK

Na segunda temporada da série DARK somos apresentados a uma esfera de massa densa que alterna estados de instabilidade e estabilidade, servindo de portal para viagens temporais que prolongam, e por quê não dizer, perpetua a vida de seus personagens. Neste sentido, essa esfera que recebe o nome de Partícula de Deus, pode ser uma referência a alquimia, pois ela deriva do Um e tem poderes até agora não explicados com clareza.

Caso essa relação ainda não faça sentido para você, questione-se sobre o motivo do texto sobre a criação da alquimia estar tatuado nas costas de um dos personagens principais da série.

Bóson de Higgs e a série DARK.
Bóson de Higgs.

Como DARK é uma série repleta de referências, sendo elas místicas, religiosas (ver referências bíblicas) e científicas, a Partícula de Deus que conhecemos através da série pode também ser interpretada como uma “representação” do Bóson de Higgs, uma partícula subatômica elementar, surgida após o Big Bang, que os físicos acreditam ser responsável por conferir massa a todas as demais.

Diferentemente do que você pode estar imaginando, ela não em nenhuma relação com Deus ou com coisas místicas, a partícula só recebeu este nome por causa de um livro do físico Leon Lederman, que se chamaria The Goddamn Particle (A Partícula Maldita), devido a dificuldade de encontrar o bóson. Mas o editor não gostou da palavra maldita (damn) e lançou como The God Particle.

Mas voltemos a analise do texto…

“…O Sol é seu pai, a Lua é sua mãe, o vento o trouxe no seu ventre; a Terra o alimenta; o pai de tudo, o Thelesma de todo o mundo, está aqui. A sua força permanece inteira quando se converte em terra. Separarás a terra do fogo, o subtil do espesso, suavemente e com grande habilidade; subirá da terra ao céu e de novo descerá à terra, deste modo recebe a força das coisas superiores e inferiores...”

Neste trecho além de notarmos a relação da alquimia com os quatro elementos da natureza, também podemos perceber uma narrativa cíclica com ênfase na dualidade (superior/inferior, descer/subir), mas na minha opinião o ponto chave está na palavra Thelesma, que significa segredo.
A pedra filosofal (“Partícula de Deus”) seria o Thelesma do mundo.

“…Por este meio obterás a glória do mundo e toda obscuridade se afastará de ti. É a força forte de toda força, pois vencerá toda coisa subtil e penetrará toda coisa sólida. Assim foi criado o mundo...”

Essa parte parte pode explicar a “guerra” travada na série DARK, onde duas forças poderosas lutam pelo controle do tempo, o vencedor conseguirá a glória do mundo. Basta descobrimos quem luta pelo bem e quem luta pelo mal, se é que de fato essa dualidade existe, pois há citações na série que refutam isso (veja aqui as melhores frases de DARK).

“… Disto se farão admiráveis adaptações cujo meio está aqui. Por isso sou chamado Hermes Trismegisto, porque possuo as três partes da sabedoria de todo o mundo. O que eu disse sobre a operação do Sol está completo.”

                                                Tábua de Esmeralda, Hermes Trismegisto.

Na parte final descobrimos um pouco mais sobre o autor, ele mesmo nos revela o significado de seu nome, um mestre que dominava os três graus do conhecimento: os níveis do aprendizado, iniciação, e ascensão, sendo profundo conhecedor da alquimia, da astrologia e da teurgia (arte de realizar milagres).

Eu não consigo deixar de relacionar essa tríade com os personagens que representam o Jonas e que certamente está relacionado a criação de tudo. Ele pode sert o início e o fim do universo criado por DARK.

sic mundus est creatus série DARK.
Hermes Trismegisto

É inegável que texto de Hermes Trismegisto tem forte influencia na série DARK, o trecho extraído do original em latim sic mundus est creatus, aparece diversas vezes ao longo dos episódios, está escrita no portal e tatuado não somente no Noah, mas também no homem misterioso que aparece no ano de 1921, no qual muitos fãs (inclusive eu) acredita ser o Bartosz.

Significado da tatuagem do Noah da série DARK.
O homem misterioso de 1921 tem a mesma tatuagem de Noah e para muitos ele é o Bartosz.

Leia também: O que as fotos e quadros de DARK pode nos revelar

Deixe nos comentários sua opinião sobre a relação da série com a Alquimia e suas teorias ; )

Quer saber um pouco mais sobre a gente? 
Nos acompanhe nas redes sociais: @movie.places (Instagram)facebook/movieplacesoficial; youtube.com/movieplaces

You may also like

2 comments

Gabriella Montiel 30 de abril de 2020 - 01:14

Eu li so o primeiro trecho por enquanto que vc fala sobre a Patícula de Deus mas ja quis vir comentar kkkkkk.. eu li a pedra dos alquimistas e relacionei este Deus como Mikkel, Adam (Adão) seria o seu PRIMEIRO FILHO, e Martha a eva.. De fato eu não considero o fato de Mikkel ter morrido naquele dia, porque tem partes escritas que diz: “….Quanto à “mediação de um”, seria o Grande Agente Mágico, ou luz astral, que Eliphas nos diz que está vivo por duas forças opostas: uma força de atração e uma força de projeção, o que faz Hermès dizer que sempre sobe e desce: sobe da terra para o céu, e desce novamente, tendo assumido o poder das coisas de cima e de baixo. É por essa dupla força que tudo é criado e tudo subsiste….”, isso da a entender que Mikkel morreu para chegas aos céus, mas ele desceu novamente, também tem todo aquele negocio do enforcado q vc deve ter lido, vou terminar de ler a sua teoria e provavelmente eu responda mais! Adorei até aqui que eu li, se você não conseguiu entender me desculpa, realmente me enrolo nas palavras kkkk

Reply
Gabriella Montiel 30 de abril de 2020 - 01:24

De fato concordo com você no resto, até acredito que você tenha complementado mais o meu raciocínio em relação a pedra, só iria gostar mais se tivesse mais incremento sabe, falta falar bastante coisa, em relação a Terra enfermeira, o sol seu pai, lua sua mãe e o vento te carregou no ventre. Eu relacionei conforme Mikkel novamente, Sol seria Ulrich, a lua sua mãe q esqueci o nome kkkk e o vento continua uma incógnita.. Já a enfermeira é bem óbvio, chega a ser tão óbvio que eu crio dúvidas.. Novamente adorei o texto, obrigada por me proporcionar essa outra visão 🙂

Reply

Leave a Comment