Home Críticas As Referências de Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores de DARK

As Referências de Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores de DARK

by Jú Miyoshi | @movie.places
Baran bo Odar e Jantje Friese

Eis que é chegado aquele triste, mas inevitável momento de dizer adeus a sua série preferida. E agora, o que assistir? Que caminho seguir depois de ter descoberto o brilhantismo de DARK? A minha dica é conhecer as Referências de Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores de DARK, além de seus outros trabalhos. Vem comigo saber mais sobre esta dupla super talentosa.

Baran bo Odar e Jantje Friese

Para quem não sabe, Baran bo Odar e Jantje Friese são casados e tem uma filha. Baran nasceu na Suíça, mas tem ascendência turca e russa, estudou na Universidade de Munique (LMU – Ludwig Maximilian University of Munich), a mesma onde estudou o ilustre dramaturgo Bertolt Brecht.
Jantje Friese nasceu em Marburg na Alemanha e estudou na Escola de Televisão e Cinema de Munique, uma das mais bem equipadas do país.

O primeiro trabalho juntos foi no longa The Silence lançado em 2010, no qual Baran foi o roteirista e diretor e ela a produtora. Em 2014 lançaram Who Am I: No System Is Safe, ambos pouco conhecidos no Brasil, mas este último atingiu grande popularidade na Alemanha sendo indicado para melhor roteiro no German Film Awards de 2015. O prêmio não veio, mas a dupla se destacou no cenário cinematográfico a ponto de chamar atenção da Netflix, que pediu a eles uma série inspirada no filme, em vez disso eles ofereceram algo novo, mas para dar certo, a Netflix deveria estar aberta para uma obra que abordaria o lado mais sombrio do ser humano, a empresa aceitou e assim foi dado início a uma das séries de maior sucesso dentro da plaraforma, DARK.

As Referências de Baran bo Odar e Jantje Friese, os criadores de DARK

As Referências de Baran bo Odar e Jantje Friese

Eu não sei vocês, mas inúmeras vezes me questionei como esta dupla chegou num roteiro tão complexo e ao mesmo tempo bem elaborado, com uma estética primorosa, onde fotografia, figurino e trilha sonora se encaixam perfeitamente, claro que eles não trabalharam sozinhos, já fiz um post falando um pouco sobre o figurino e a fotografia e dos profissionais envolvidos neste processo. Mas voltando ao roteiro, este foi elaborado pelo casal, então para responder meu questionamento decidi ir atrás de suas referências.

Leia também: O que o figurino de DARK pode revelar sobre a série

Numa entrevista a um portal português, Baran disse que sempre teve muito medo das obras de Francis Bacon, tendo até mesmo pesadelos, então decidiram dar um ar sombrio principalmente a segunda temporada inspirados nos quadros de Francis.

Head VI. Francis Bacon (1948)

Já para a revista Dazed ele revelou outras inspirações como por exemplo, It de Stephen King. Twin Peaks de David Lynch também teve um papel importante, principalmente para os temas sombrios e surrealistas abordados na série e na construção dos personagens, incluindo um velho de cabelos desgrenhados vestindo pijamas, que sai às ruas murmurando profecias.

Uma referência que não foi revelada abertamente pelos criadores é Donnie Darko (2001), um clássico cult sobre viagem no tempo. DARK tem diversos elementos semelhantes ao filme, por exemplo, o livro da vovó Morte que passa instruções a respeito das viagens, assim como o de H.G. Tannhaus na série; os conceitos de universos paralelos ou tangentes como ditos no filme são criados em ambos os casos através do paradoxo de Bootstrap; a roupa de caveira que Mikkel usa quando desaparece é exatamente igual a de Donnie, além de muitas outras semelhanças de roteiro, escolha de planos e trilha sonora, o próprio nome da série pode ter sido inspirado no nome do personagem principal do filme, Donnie Darko, além do nome da namoradinha de Donnie, Gretchen, que também foi usado na série.

Pandora Cinema (Foto: Reprodução)

Eles já disseram que os anos 80 exerceram grande influência em suas obras, mas um outro filme que também pode ter sido referenciado em DARK é De volta para o futuro, a carta de Mikkel não poderia ser aberta antes de uma data específica assim como a carta do filme.

Universal Pictures (Foto: Reprodução)

Na última temporada fica claro o quanto as obras de Stephen King influenciaram o casal, durante um diálogo de Martha e Magnus no undo 2 aparecem gêmeas vestidas da mesma forma daquelas eternizadas no filme O Iluminado (1980).

Warner Bros. (Foto: Reprodução)

Você sabe de outras obras que influenciaram na criação de DARK? Deixe nos comentários!

Leia também: O que as fotos e quadros de DARK pode nos revelar

Assine A Nossa Newsletter Para Receber Novidades, Dicas & Promoções!

[contact-form-7 404 "Não encontrado"]

Você gosta de escrever? Se interessa por filmes, séries, livros e cultura geek? Seja um colaborador Movie Places!! Preencha o nosso formulário de seleção, clique aqui!

Quer saber um pouco mais sobre a gente? 
Nos acompanhe nas redes sociais: @movie.places (Instagram)facebook/movieplacesoficial; youtube.com/movieplaces

You may also like

Leave a Comment