5 Filmes para viajar pra França sem sair de casa

Marilou Berry film josephine

5 Filmes para viajar pra França sem sair de casa

Em tempos de pandemia viajar através do cinema é a escolha mais segura e consciente, por isso, decidi revisitar através dos filmes os lugares que mais amei conhecer, além de aproveitar para já fazer uma listinha daqueles que ainda não tive a oportunidade de ir, mas que já quero desbavrar quando tudo isso passar. Vem comigo conferir esses 5 Filmes para viajar pra França sem sair de casa!

Mont Saint-Michel / Ponto de Mutação

Mindwalk – Bernt Amadeus Capra, 1990

Dois amigos se reencontram após anos sem se verem e marcam uma viagem para o Mont Saint-Michel, lá eles conhecem uma mulher de personalidade forte (Liv Ullman), convicta de seus ideais, que irá impactar profundamente a forma que eles veem o mundo. Juntos, o trio irá caminhar pelas belíssimas paisagens do Mont Saint-Michel, enquanto discorrerem sobre temas como política, consumo consciente, papel da ciência e do ser humano frente aos problemas globais se contrapondo através de uma abordagem sistêmica e mecanicista.
Apesar de ser um filme baseado no livro de Fritjof Capra lançado em 1982, sua abordagem não poderia ser mais atual. Mindwalk foi dirigido pelo irmão do autor, Bernt Amadeus Capra.

Disponível no YouTube

Leia também: Como é se hospedar dentro do Mont Saint-Michel

Arles, Saint-Rémy-de-Provence, Auvers-sur-Oise / No Portal da eternidade

Julian Schnabel, 2018

Diferentemente da animação Loving Vicent de 2017, que concorreu ao Oscar, No Portal da eternidade foi lançado um ano depois sem muito alarde, foi bem recebido pela crítica mais pela atuação de Willem Dafoe e pela fotografia do que pelo roteiro em si, mesmo assim, é um convite irrecusável para tentar penetrar mais um pouco no mundo daquele que é considerado o maior artista de todos os tempos.

Van Gogh viveu boa parte de sua vida na França, os anos em que ele viveu no país são, sem dúvida, os mais importantes em termos de sua carreira como artista. Vincent refinou seu talento primeiro trabalhando na animada comunidade artística de Paris e depois por conta própria no sul da França, em Arles e Saint-Rémy. Van Gogh viajou para a região no intuito de encontrar o sol e lá produziu suas melhores e mais famosas obras. Eventualmente, porém, ele voltaria para o norte onde tiraria a própria vida na aldeia de Auvers-sur-Oise.

No Portal da eternidadeDisponível na Amazon Prime Video

Meia Noite em Paris

Woody Allen, 2011

Antes de cair em desgraça, os últimos filmes de Woody Allen a fazer grande sucesso foram no estilo cartão postal. Meia Noite em Paris é um dos seus melhores representantes, porque além de nos mostrar diversos pontos turísticos da Cidade Luiz, ainda nos apresenta a Paris da Belle époque e seus ilustres moradores, além de retratar a eterna insatisfação do ser humano em relação a época em que vive.
Vale ressaltar, que apesar do nome, os personagens também vão dão uma voltinha em Versailles e em Giverny. 

No Portal da eternidadeDisponível na Amazon Prime Video

Leia também: Como é passar o Réveillon em Paris e com criança?!

Paris / Joséphine

Agnès Obadia, 2013

Se você adorou a franquia de Bridget Jones precisa conhecer sua equivalente francesa – lhes apresento Josephine, uma francesa fora dos padrões, com problemas em seus relacionamentos, acompanhada por amigos muito loucos que se metem nas situações mais absurdas. O primeiro filme é Josephine solteira e fabulosa, justamente quando ela conhece o seu Mr. Darcy, que neste caso se chama Gilles, já no segundo ela está grávida e apronta horrores, em ambos a diversão é garantida.

O que mais gosto neste filme é o fato dele ser uma genuína produção francesa e de Joséphine ser um sucesso nacional. Acompanhar seus passos é estar mais próximo do cotidiano parisiense, apesar das situações exageradas pela comédia.

Versailles / Maria Antonieta

Sofia Coppola 2007

Diversos filmes retrataram a ascensão e queda da rainha mais controversa que a França já teve, mas certamente a versão de Sofia Coppola é que melhor explora os espaços do Palácio de Versailles, além de nos mostrar como possivelmente era a vida de Maria Antonieta no Petit Trianon. A fotografia e a paleta de cores escolhida para os figurinos formam um espetáculo a parte.

Disponível na HBO e no Now

Leia também: Os erros e acertos de Emily em Paris

Assine A Nossa Newsletter Para Receber Novidades, Dicas & Promoções ; )

    Você gosta de escrever? Se interessa por filmes, séries, livros e cultura geek? Seja um colaborador Movie Places!! Preencha o nosso formulário de seleção, clique aqui!

    No Comments

    Post A Comment